Cuidados dentários para cães: os pais dos animais de estimação devem se concentrar nessas 5 coisas

cachorro feliz sorrindo enquanto seu dono o acaricia.

Assim como com a saúde humana, o cuidado dentário é um componente importante do bem-estar geral do seu cão. Pode não ser tão fácil quanto outras coisas que fazemos para cuidar de nossos cães, como escovar seus pelos. Mas cuidar de suas gengivas e dentes pode levar a uma saúde melhor a longo prazo para seu filhote.

Embora possa parecer intimidante ou assustador seguir um bom regime de cuidados dentários para seu cão, a boa notícia é que você pode acompanhar a saúde bucal de seu cão concentrando-se em apenas alguns elementos-chave.

Aqui estão algumas coisas que os pais de animais de estimação devem se concentrar quando se trata de cuidados dentários de seus cães.



1. Verifique a boca do seu cão regularmente

Além de apenas admirar o sorriso deslumbrante do seu cão enquanto eles o encantam com guloseimas, é uma boa ideia examinar a boca do seu cão cerca de uma vez por semana.

Os dentes devem ser mais brancos do que amarelos, sem tártaro acastanhado ou placa, que pode tender a se acumular perto das gengivas. As gengivas devem ser bonitas e rosadas, não brancas ou vermelhas, e não deve haver inchaço.

Você deve consultar o seu veterinário se notar algum desses sinais de má saúde dental na boca do seu cão.

Existem outros sinais de que seu cão pode precisar de cuidados profissionais para seus problemas dentários. Esses sinais incluem:

  • Excesso de babar
  • Falta de apetite
  • Mudanças na maneira como seu cão come ou mastiga
  • Desalinhamento dos dentes
  • Mal hálito
  • Dentes quebrados ou faltando
  • Saliências ou protuberâncias dentro da boca

2. Visitas regulares ao veterinário

Falando em consultar o veterinário para obter ajuda, seu cão deve fazer um exame odontológico regular uma ou duas vezes por ano.

A maioria dos veterinários inclui isso como parte de seu check-up anual regular, mas certifique-se de perguntar se você não vê isso sendo feito.

As limpezas dentais profissionais podem ser caras, mas são bastante eficazes e é importante ter um profissional monitorando a saúde dentária do seu cão ao longo do tempo. Embora essas visitas anuais ou semestrais sejam fundamentais, também é importante manter um regime regular de limpeza dos dentes em casa.

3. Escovar os dentes

Escovar os dentes regularmente não é apenas para humanos. Se possível, tente escovar os dentes do seu cão todos os dias ou pelo menos algumas vezes por semana.

Embora sua pasta de dente com menta ou canela possa cheirar bem para seu filhote, yvocê não deve usar pasta de dente humana para eles. Os cães engolem a pasta, e vários ingredientes da pasta de dente humana são tóxicos para eles.

Certifique-se de obter um creme dental especialmente formulado para cães. Muitos cremes dentais para cães têm sabores como frango ou manteiga de amendoim, e seu cão vai agradecer por isso!

Idealmente, você pode começar o hábito de escovar os dentes do seu cão quando eles forem filhotes para que possam se acostumar com isso desde tenra idade. No entanto, ainda é possível 'ensinar novos truques a um cachorro velho'.

Algumas técnicas simples podem acostumar seu cão a lidar com a boca. Experimente colocar um pouco de comida macia no dedo, como manteiga de amendoim ou iogurte. Com ambos, certifique-se de usar ingredientes naturais e, definitivamente, evite o xilitol, que pode ser fatal para os cães.

Mova o dedo com o alimento ao redor da boca, permitindo que eles o lambam enquanto seus outros dedos tocam os dentes. Além disso, tente colocar as mãos suavemente na parte superior e inferior de suas mandíbulas, abrindo e fechando a boca suavemente.

Uma vez que eles estejam um pouco confortáveis ​​com essas ações, eles devem estar mais prontos para permitir que você escove os dentes com um pouco menos de confusão. Deixe-os cheirar a pasta de dente antes de colocar a escova na boca.

4. Use alternativas de escova

Se o seu cão simplesmente não tolera escovar os dentes, mesmo depois de você tentar suavizá-los, existem algumas alternativas que você pode tentar.

Você pode usar lenços umedecidos para limpar os dentes do seu cão regularmente, o que não é tão eficaz em obter todas as fendas nos dentes do seu cão, mas ainda é uma opção bastante decente. Isso pode ser especialmente útil se você estiver em trânsito e a boca do seu cachorro precisar apenas de uma limpeza rápida.

Existem também aditivos de água que podem manter as bactérias afastadas e reduzir o acúmulo de placa bacteriana e tártaro na boca do seu cão.

Com todas as opções de limpeza de dentes, certifique-se de consultar o seu veterinário para encontrar a melhor combinação para o seu cão.

5. Alimentos, guloseimas e brinquedos

Alimentos, guloseimas e brinquedos também podem ser ótimos impedimentos para o acúmulo de placa bacteriana em seu filhote.

Mesmo que seu cão seja um idoso com menos dentes remanescentes, os veterinários ainda costumam recomendar comida crocante para eles em vez de comida macia. Alimentos crocantes arranham os dentes de maneira positiva, enquanto alimentos moles podem aderir aos dentes com mais facilidade.

Muitas guloseimas para cães também contêm aditivos para saúde bucal que ajudam a manter os dentes de seu cão limpos. Suas estruturas podem ser úteis na remoção de placas, assim como alguns brinquedos.

Certifique-se de escolher opções seguras e recomendadas pelo veterinário, pois guloseimas ou brinquedos muito duros podem na verdade fazer mais mal do que bem.

Como você cuida dos dentes do seu cachorro? Existem dicas que você considera mais úteis? Deixe-nos saber nos comentários abaixo!

Fontes:

  • 10 dicas para melhorar a saúde bucal em cães
  • 7 dicas para cuidados dentários para cachorros
  • Mantenha os dentes do seu cão limpos com cinco dicas
  • Tratamento odontológico para cães: dicas e truques